SINTE Joinvile na luta contra a municipalização

Comunidade escolar da Escola Estadual Tancredo Neves se manifesta contra a municipalização e votação é adiada para 2012

Novamente a grande mobilização dos Trabalhadores em Educação da Escola Estadual Tancredo Neves na cidade de Garuva repercutiu com uma grande vitória, mesmo que parcial, contra a municipalização. O projeto de lei que tramitava na Câmara dessa cidade só poderá ser votado em fevereiro de 2012.

A comunidade escolar se mostrou totalmente contra ao projeto de lei e organizou um abaixo-assinado com mais de 600 assinaturas contra a municipalização. Após muita pressão, foi feita uma audiência pública que deliberou a não municipalização da Escola Tancredo Neves.

O Sinte Joinville acompanhou de perto todo o processo de tramitação do projeto na Câmara e foi firme na sua posição pedindo imediatamente o arquivamento do projeto. Essa postura contrariou a posição da Gered, de alguns vereadores e do prefeito, que buscavam a aprovação imediata sem a discussão com a comunidade escolar.

Pressão do Sindicato e Comunidade Escolar reverteram a situação

Dois embates importantes foram determinantes para a não municipalização da Escola Estadual Tancredo de Almeida Neves. No dia 12 de dezembro os trabalhadores em Educação lotaram a Câmara de Garuva com cartazes e faixas protestando contra a municipalização. Muitos vereadores se viram obrigados a mudar sua posição sobre o referido projeto e um deles pediu vistas para uma melhor análise.

No dia 19 de dezembro a comunidade escolar novamente mostrou sua força e impediu o que já era certo para Prefeitura e governo do Estado: a municipalização da Escola Tancredo Neves. Foi lida inclusive uma ata dos diretórios de PP e PMDB orientando seus vereadores a votarem a favor da municipalização.

Trabalhadores em Educação pedem o arquivamento do projeto

Com palavras de ordem, os Trabalhadores em Educação pediram imediatamente o arquivamento do projeto. Os vereadores pressionados pediram que a votação só ocorresse no ano de 2012.

O Sinte Joinville orienta que os debates devem continuar e a mobilização deve ser forte! Nossa organização impediu a desastrosa manobra do governo e da Prefeitura de Garuva em municipalizar o ensino fundamental, inviabilizando e prejudicando toda a comunidade escolar daquela região.

Juntos somos fortes!


Mobilização 25 abr 2015

Veja e entenda todas os detalhes da proposta do Governo

Negociação 24 abr 2015

Audiência com o governo

Mobilização 24 abr 2015

Comando de Greve decide centralizar atividades em Florianópolis para

Jurídico 24 abr 2015

SINTE entra com duas ações judiciais para defender o direito de

O secretário da Educação, Eduardo Deschamps, insiste em continuar com a política de perseguição e punição aos trabalhadores em...

Mobilização 23 abr 2015

Deschamps desrespeita o sindicato e quer negociar com professores em

Mobilização 23 abr 2015

Ato Macrorregional em Florianópolis reúne trabalhadores no Centro

Apoio/Causas 23 abr 2015

Vereadores de Siderópolis enviam Moção de Apoio ao SINTE

Apoio/Causas 23 abr 2015

Carta da CUT em apoio ao SINTE nas lutas da categoria

Trabalhadores da Edu... 22 abr 2015

Nota do SINTE Regional de Maravilha

O SINTE Regional de Maravilha esclarece a todos os professores e comunidade que não respondemos por eventuais negociações feitas...

Trabalhadores da Edu... 21 abr 2015

Avaliação do Comando de Greve da Proposta do Governo

Mobilização 17 abr 2015

SINTE entrega carta aos líderes de bancadas da Alesc solicitando uma

O SINTE/SC através de seu coordenador estadual, Luiz Carlos Vieira, entregou uma carta, deliberada pelo Comando de Greve, na...

Jurídico 16 abr 2015

SINTE entra com Mandado de Segurança para impedir punições de

O SINTE/SC através de sua Assessoria Jurídica entrou com o Mandado de Segurança (MS) Coletivo Nº 2015.022302-0 com o...

Carregando...